Leiloeiras lançam selo para combater sites falsos

Card image cap

As novas tecnologias do mundo moderno têm facilitado a vida de toda a população, mas ao mesmo tempo, criado alguns problemas provocados pelas pessoas mal intencionadas. Cada setor da economia tem buscado formas de se proteger e também garantir a segurança de seus consumidores que usam a internet para fazer negócios. Por isso, a Associação da Leiloaria Oficial do Brasil (Aleibras) criou o selo Leilão Seguro, que certifica os canais oficiais do setor e combate os sites falsos. A principal bandeira da organização é orientar a população sobre os sites que garantem segurança nas transações online de veículos leiloados no Brasil.

O empresário João Alves Barros, da Leilomaster, lembra que, com o crescimento da atividade de leilão via online nos últimos anos, assim como aconteceu com outros setores, surgiram também sites falsos que aplicam golpes nos consumidores. Por isso, alerta, todo consumidor deve ficar atento ao adquirir um veículo ou outro bem através de sites da internet. O leilão é reconhecido, no mundo todo, como a forma mais rápida e lucrativa de comprar e vender bens e serviços.

No site Leilão Seguro – www.leilaoseguro.org.br – é possível conferir a relação dos leiloeiros acreditados pela Certificação Ebit, que valida a credibilidade, honestidade e excelência. Além disso, o cliente pode consultar a lista de sites falsos e irregulares para evitar cair em um golpe. Também é possível ver dicas importantes para não ser lesado e a acessar o canal direto para denunciar sites fraudulentos.

João Barros lembra que o maior prejudicado com as fraudes é o cliente, que às vezes investe economias de uma vida inteira e acaba perdendo tudo. Por isso, afirma “nossa intenção é disponibilizar informações suficientes para que a pessoa possa identificar os criminosos e até denunciar os sites golpistas, nos ajudando a melhorar esse mercado, que tende a crescer cada vez mais”, completa.

A Aleibras representa mais de 90% das empresas de leilão no Brasil. É uma entidade sem fins lucrativos que congrega as maiores e mais conhecidas operadoras de leilões do Brasil, com muitos anos de tradição e em atividade, tais como Copart, Guariglia, Leilomaster, Loop, Pacto Leilões, Palácio dos Leilões, Pestana Leilões, Sodré Santoro, Superbid e VIP Leilões. Juntas, elas são responsáveis pela transação de mais de 400 mil veículos anualmente.

A Leilomaster, de Goiânia, uma das maiores do Brasil, atua nos mercados de Goiás, São Paulo, Amazonas, Pará, Ceará, Bahia e Distrito Federal. Chega a vender até 3,2 mil veículos por mês, através de leilões presenciais e online. Esses veículos são frutos de recuperação feita pelos bancos e seguradoras de clientes que não conseguiram quitar as prestações.

João Barros orienta os consumidores que fiquem atentos a algumas regras antes de adquirir um veículo através da internet. Entre as dicas estão: observar se a empresa tem o selo do Leilão Seguro; entrar no site da empresa e ver se ele é seguro e certificado; se o leiloeiro está credenciado na Junta Comercial do seu Estado. E mais, ir conhecer o veículo pessoalmente ou pedir um conhecido que o faça, observar se o preço estipulado está dentro do mercado e desconfiar sempre de valores muito baixos. “Papai Noel não existe o ano inteiro”, alerta.

← Voltar